BLOG / Vídeos

DW! SP 2024: 10 cafés imperdíveis em São Paulo para conhecer

Uma pausa para o café enquanto se planeja o próximo passeio é sempre uma delícia! Por isso, listamos algumas cafeterias charmosas que podem ser incluídas nos dias de maratona que vêm por aí, durante a próxima DW! Semana de Design de São Paulo, de 14 a 24 de março de 2024. Duas das regiões que mais concentram distritos e eventos do festival também reservam boas – e novas – opções de cafés para aproveitar. Vem conferir!

No Centro expandido e em Higienópolis

Bonita Café

Bonita Café, na região central de SP, fica no Edifício Effel, projetado por Oscar Niemeyer | Fotos: Reprodução @_bonitacafe

Na Praça da República, esquina com a Rua Araújo, está a novíssima Bonita Café (@_bonitacafe). A cafeteria está no térreo do Edifício Eiffel, projetado por Oscar Niemeyer (1907 – 2012), na década de 1950. No centro do espaço, um balcão sinuoso conversa com a arquitetura.

No pequeno salão, os cafés especiais são preparados de formas diversas – com destaque para o coado V60 (R$ 17) –, mas também compõem drinques como o Irish Coffee (Jameson, café, creme de leite fresco e açúcar mascavo – R$ 30) e o Espresso Tônica da Casa (opção sem álcool que leva espresso, tônica, gelo, xarope de gengibre e limão siciliano – R$ 18). Pra comer: salgados, ovos mexidos, sanduíches e pão de queijo estão no cardápio.

Onde: Praça da República, 167 – República. De segunda a sábado, das 8h às 19h.
$$ – Com opções vegetarianas.

Fabrique Pães

À esq., fachada da Fabrique Pães, em Higienópolis, e Tábua Fabrique, servida nos happy hours | Fotos: Reprodução @fabriquepaes

Com três unidades em SP – Higienópolis, Vila Romana e Santa Cecília – a Fabrique Pães (@fabriquepaes) já foi eleita a melhor padaria de São Paulo. O negócio é tutelado pelo economista e padeiro – com formação pela French Pastry School, em Chicago – José Carlos Gomes. Mesas pequenas, amplo sofá e uma vitrine de pães com fermentação natural dominam o espaço do café em Higienópolis, próximo à Rua da Consolação.

Cafés especiais como Aquitã fazem parte do cardápio, como no Cold Brew Coffee (R$ 13). Para veganos ou intolerantes à lactose, há a opção de leite de aveia em lugar do tradicional. Ofertas clássicas de padaria, como o pão francês com manteiga (R$ 6), podem ganhar novas versões com pães como o miche e o sarraceno, bem como o gluten free (todos com acréscimo de R$ 7). Brunchs, ovos em diversos preparos, torradas, saladas e doces fazem parte do cardápio, que conta ainda com vinhos, bebidas frias e cervejas. Para o happy hour, a Tábua Fabrique (R$ 59) leva meia baguete Marcelle, pesto, antepasto de berinjela, presunto cru, salame catalão e queijos emmental e brie.

Onde: Rua Itacolomi, 612 – Higienópolis. Diariamente, das 7h às 21h.
$$ – Com opções veganas, vegetarianas e glúten free. Pet-friendly.

Il Barista

Nova unidade do Il Barista fica no foyer do ‘Prédio das Moedas’, no Centro Histórico de São Paulo | Fotos: Reprodução @ilbaristacafesespeciais

Escola, torrefação e com cinco endereços em São Paulo (e um no Museu do Café, em Santos), o Il Barista (@ilbaristacafesespeciais) abre sua nova unidade no edifício conhecido como Prédio das Moedas, no Centro de São Paulo. A construção assinada por Gustavo Ricardo Caron data dos anos 1950 e foi sede de várias instituições financeiras. Ficou abandonada, sendo recentemente revitalizada pela B3 – Bolsa de Valores.

Comandada pela empresária e especialista em café Gelma Franco, a unidade do Centro Histórico leva ao foyer do edifício próximo ao Altino Arantes/Farol Santander croissants, drinques com e sem álcool com café, brunch, comidinhas. No menu, dois croissants com Nutella e dois cafés filtrados (ou médias) 240 ml saem por R$ 71.

Onde: Rua João Bricola, 59 – Centro Histórico de São Paulo. De segunda à sexta, das 8h às 18h e, aos sábados, das 10h às 16h.
$$ – Com opções vegetarianas.

naJanela

naJanela é novinho em folha e propõe um modelo de negócios mais ágil e com pequena dimensão em SP | Fotos: Reprodução @najanelapadaria

Não, aqui não é possível entrar e tomar um cafezinho no salão, mas você vai querer sentar no banquinho em uma rua bastante agradável, diante da vitrine repleta de gostosuras, com a produção da padaria. Ali, naJanela (@najanelapadaria) , é possível pedir e saborear um croissant (R$ 10), quem sabe um cookie (R$ 10) ou um pão de queijo (R$ 5,90), que podem compor combos com café coado.

Para um futuro próximo, a ideia é ter sanduíches e pão na chapa mas, por hora, vale levar pra casa o pão de nozes (R$ 30), o shokkupan – pão de leite (R$ 4,90), a bengala (R$ 9,90) e o beigale – rosquinha judaica, vendida às sextas (R$ 3,90). O novo endereço, aberto em novembro último, é do jornalista, crítico gastronômico e padeiro Luiz Américo Camargo, em parceria com os empresários Fábio Kow e Marie Camicado.

Onde: Rua São Vicente de Paulo, 603, Higienópolis. De segunda a sábado, das 8h às 19h; e aos domingos, até às 14h.
$ – Com opções vegetarianas.

Tona Café

O recém-inaugurado Tona Café está no subsolo da Galeria Metrópole, tem salão enxuto e café gelado no cardápio | Fotos: Reprodução @tonacafesp

Pães e bolos preparados pelo confeiteiro Renato Lopes – que está à frente da empreita junto a Gustavo Goulart – são o chamariz do Tona Café (@tonacafesp), novidade no subsolo da Galeria Metrópole, na República. Os quitutes são dispostos sobre o balcão de concreto em um menu enxuto.

O café coado feito com grãos da variedade bourbon amarelo da Fazenda Recanto pode ser quente (R$ 7) ou frio, com mel de cacau, gelo e limão cravo (foto – R$ 15) e vai bem com a broa de fubá com curd de laranja (R$ 13). Há outras variedades de doces e salgados, como o bolo de limão siciliano e chia, os sanduíche de mortadela ou bacon e abacate e o choux de limão.

Onde: Av. São Luís, 187 – República. De terça à sexta, das 11h às 18h e, aos sábados, das 9h às 17h.
$. Com opções vegetarianas.

Na Alameda Gabriel, nos Jardins e em Pinheiros

Botanikafé

O Botanikafé serve brunchs durante o dia todo em meio a um ambiente com muitas plantas | Foto: Divulgação

O Botanikafé Jardins (@botanikafe) é um dos quatro da rede que teve seu brunch eleito o melhor de São Paulo em 2023 e que tem como premissa dos donos, Manuela Albuquerque e Felipe Scarpa, ser ‘servido durante o dia todo’. A comida que se quer saudável e gostosa e os cafés mineiros são ofertados em meio a um ambiente aconchegante, repleto de verde.

Entre as pedidas, o Avotoast – pão levain com pasta de avocado temperada, acompanhado de coalhada da casa com páprica – sai a R$ 29. Uma versão vegana de tostada (pão levain, hommus de beterraba, avocado, zaatar, amêndoas laminadas e óleo de salsinha) é saboreada por R$ 38. Sanduíches, um menu com ares orientais para o almoço e pizzas para o jantar também estão entre as opções, além de saladas, smoothies, clássicos do café da manhã, sobremesas e drinques.

Onde: Alameda Lorena, 1765 – Jardins. Diariamente, a partir das 8h.
$$ – Pet-friendly, com opções veganas e vegetarianas.

Café zinn

Unidade do Café Zinn na Haddock fica em casa-praça e tem cold brew com sabores tropicais | Fotos: Reproducão @ocafezinn

O escritório Vapor Arquitetura assina a remodelagem de uma casa-praça para abrigar o Café Zinn (@ocafezinn), nos Jardins, que manteve elementos originais da construção e as árvores de seu quintal. Na Haddock, a cafeteria paulistana é a mais nova da rede com uma história que teve início há mais de 70 anos, no sul de Minas Gerais.

Em 2021, na quarta geração da família de Daniela Coelho, o café cruzou as fronteiras e deu em SP, com um cardápio elaborado com consultoria da chef Renata Cruz. A carta inclui, claro, pão de queijo (Xodózinn, feito com queijo da Serra da Canastra – R$ 9), assim como toasts, bolos, cestas de pães, smoothies, chás e blends de cafés exclusivos produzidos no sul de Minas. Entre os sanduíches, destaque para o Prensadinho (Pão de brioche, carne desfiada, blend de queijos, cheddar e maionese da casa – R$ 38).

Onde: Haddock Lobo, 1574 – Jardins. Diariamente, das 8h às 20h.
$$ – Com opções veganas, vegetarianas, sem lactose e sem glúten.

MUG

O café Mug é pet-friendly e tem uma área externa convidativa para o café | Foto: Divulgação

O advogado Fabian Daltoé abriu o MUG (@mug.sp) em 2019, depois de ‘descobrir’ que estava na profissão errada. No site da cafeteria, diz: “Eu não gostava de advogar: sempre gostei de cozinhar, de receber as pessoas. A sensação boa de passar energia pela comida”. Ele é o responsável pelos pães, doces e tortas do MUG, que tem hoje cinco unidades na cidade. A mais antiga é a dos Jardins, com brunchs e cafés da manhã; tostadas, lanches, cafés e bebidas quentes, drinques, sobremesas vinhos e cardápio executivo.

No Brunch for 2 (R$ 145 para 2 pessoas ou R$ 190 para 3 pessoas) estão inclusos uma tábua com frutas frescas orgânicas sazonais, seleção de charcutaria artesanal, oleaginosas, ovos orgânicos com gemas moles, tomate confitado, geleia artesanal de frutas sazonais orgânicas, manteiga com flor de sal e queijo (burrata fresca ou camembert ao forno), além de pães da casa variados (fermentação natural). Espresso, Duplo, Macchiato, Cappuccino, Coado, Latte ou suco natural de laranja fazem parte do combo.

Onde: MUG – Rua Capitão Pinto Ferreira, 38 – Jardins. Diariamente, das 8h às 20h.
$$ – Pet-friendly. Com opções veganas e vegetarianas.

Padoca do Maní

A Padoca do Maní tem ambiente pensado para ‘abraçar’ e comidinhas que remetem às memórias afetivas | Foto: Divulgação

A jurada do Masterchef e chef com uma estrela Michelin, Helena Rizzo, está à frente da Padoca do Maní (@manimanioca). A primeira unidade fica em Pinheiros, mas há mais duas na cidade. O projeto de reforma do endereço é do Memola Estúdio, privilegiando a atmosfera de “cara de roça, hortas no jardim e cheiro constante de bolo fresco”.

Dá para sentar e comer a qualquer hora do dia, com opções de brunchs, saladas, mexidos, sanduíches, tapiocas, tostadas, além de pães e bolos, sem contar sorvetes, bebidas quentes e geladas e vinhos orgânicos. Entre as opções, há propostas com cara de infância e memória afetiva, a exemplo do Sanduíche de Carne-Louca (carne desfiada, cebola caramelizada, mostarda Dijon, tomate e folhas, no pão da casa de parmesão, a R$ 45).

Onde: Rua Joaquim Antunes, 138 – Pinheiros. Diariamente, a partir das 7h30.
$$ – Pet-friendly, com opções veganas, vegetarianas, sem glúten, sem lactose e low carb.

Um Coffee Co.

Diversos métodos de extrair e servir o café com maestria e receitas como o Couve-Flor (à dir.) no Um Coffee Co. da Gabriel | Fotos: Reprodução @umcoffeeco

A variedade de grãos – em plenitude de MG e ES – e métodos de preparar o café são alguns dos diferenciais da Um Coffee Co. (@umcoffeeco), fundada em 2016 pelos irmãos baristas Boram e Garam Um, que venceram o concurso mundial de baristas no ano passado. A marca possui cinco unidades, sendo a sede no Bom Retiro e uma das filiais na Alameda Gabriel, onde está radicada grande parte dos eventos da DW! SP 2024.

Além do café (um coado especial de 240 ml sai a R$ 19,20), há pães artesanais como Foccaccia e Sourdough Cranberry e Nozes, entre outros. O cardápio inclui outras delícias como o prato Couve-Flor – grão de bico, pepino, couve-flor e molho tzatziki – ou um simples queijo-quente (minas frescal, requeijão e muçarela, R$ 32), com versão vegana que leva pão de forma de arroz integral e queijo a base de castanha de caju (R$ 27,30).

Onde: Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1.350 – Jardins. D segunda à sexta, das 7h às 18h e, nos fins de semana, das 8h às 16h.
$$ – Com opções veganas, vegetarianas e sem glúten.

 

A gente sabe, essa pequena curadoria é só um recorte da infinidade de bons lugares em SP que você pode aproveitar entre um evento e outro na DW! SP 2024. Então, se você conhece algum café que deveria aparecer por aqui, conta pra gente nos comentários! Vale também acessar nosso guia de restaurantes imperdíveis, que unem design, arquitetura e bons sabores.

Esperamos você para a 13ª edição do maior festival urbano de design da América Latina. E, para uma experiência ainda mais incrível, confira nossa série de conteúdos sobre como aproveitar melhor a DW! Semana de Design de São Paulo. Nosso guia de viagem já está no ar e também reunimos dicas de como montar a melhor mala para a DW! SP, além de spoilers dessa nova edição, aqui. Pra finalizar, o time DW! recomenda: assine a newsletter da DW! no botão abaixo e fique por dentro de tudo!

 

* Preços e cardápios consultados em janeiro de 2024, sujeitos a alterações.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

2 respostas

    1. Oi, Daina. Que bom saber! Quando tiver algum pra compartilhar, manda pra gente! Adoramos novidades!! 😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DW! SP 2024

Cadastre seu e-mail para receber notícias exclusivas do festival e do universo do design, arquitetura e decoração:

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!


    Você poderá cancelar a assinatura a qualquer momento.

    Consulte nossa política de privacidade.