BLOG / Vídeos

DW! SP 2024: dicas de hospedagem em São Paulo para quem ama design e arquitetura? Temos!

São Paulo tem uma das redes hoteleiras mais bem estruturadas do país e oferece de tudo um pouco para quem visita a capital, mas não só: há alguns anos a cidade vem sendo abastecida por hospedagens em uma série de edifícios icônicos, na modalidade conhecida como aluguel por temporada.

Os sonhos variam, especialmente para quem visita a DW! Semana de Design de São Paulo. Afinal, a gente sabe que nossa comunidade é formada por pessoas apaixonadas por design, arquitetura, urbanismo, paisagismo e todas as expressões possíveis destes universos. Para muitas pessoas, uma das experiências mais desejadas é se hospedar em um hotel de luxo com projetos de arquitetura e interiores assinados por grandes nomes da arquitetura nacional e internacional. Para muita gente, o ponto alto pode estar na vivência de entrar e desfrutar de arquiteturas icônicas e até históricas, que marcaram tanto a forma de projetar, quanto a silhueta da metrópole. Seja qual for o seu estilo como viajante, este post é para você!

A DW! SP 2024 é logo mais, de 14 a 24 de março de 2024, e a hospedagem é essencial para aproveitar ao máximo a programação, aliando localização estratégica e, de preferência, um ambiente de descanso conectado ao melhor da arquitetura paulistana. Por isso, expandimos a lista com várias hospedagens incríveis, com fácil acesso aos Distritos de Design. É onde todos os eventos da DW! SP acontecem. Há recomendações nos Jardins, Centro Expandido, Higienópolis e muito mais. Confira!

AIBNBS ASSINADOS E/OU EM EDIFÍCIOS FAMOSOS

De revista, em Pinheiros

Quer ficar hospedado em um apê de revista? Em Pinheiros, este imóvel foi destaque da Casa Vogue e premiado internacionalmente pelo Archilovers (2022). Perto do Metrô Fradique Coutinho (Linha Amarela), está a poucos passos de restaurantes e bares, além de próximo a eventos da DW! SP. Localizado em um prédio recém construído com piscina e academia, o apartamento conta com churrasqueira e ar-condicionado em um espaço pensado em detalhes. Na decoração, destaque para o espaço integrado e a mesa de jantar em frente ao janelão. Para até dois hóspedes, com diárias partindo de R$517*. Ele também já foi destaque nessa reportagem com mais opcões de hospedagem para quem gosta de arquitetura.

No Copan, para Gal

No último pavimento do Edifício Copan, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer (1907-2012), fica este apê com projeto de interiores de Yanaina Mella (@yanaina_interiores) e paisagismo da @existefloremsp_ , com inspiração na cantora Gal Costa (1945-2022). Entre as comodidades, uma seleção de livros de escritoras brasileiras, luzes controladas por comando de voz e um projetor com telão de 100 polegadas. A cozinha é compacta, mas completa e bem funcional. Para até dois hóspedes, com diárias que partem de R$463*.

Varanda com Franz Heep

O estúdio bem iluminado e com cama queen size fica em uma rua mais calma do centro, na República. O apê está em um edifício projetado em 1956, pelo arquiteto Adolf Franz Heep (1902-78), que também assina o Edifício Itália. Para até dois hóspedes, conta com cozinha equipada, varanda e uma decoração caprichada, além de estar próximo das atrações da DW! SP 2024 que estão marcadas para o Distrito Centro, Paulista e Higienópolis. Com diárias a partir de R$ 199*.

Viadutos em tom romântico

O Edifício Viadutos é um dos muitos prédios do centro assinados por João Artacho Jurado (1907-83), arquiteto autodidata e empresário paulista proprietário da Construtora e Imobiliária Monções S/A. Sua assinatura visual costumava propor uma interpretação peculiar da linguagem modernista, com cores nas fachadas e elementos rebuscados na forma ou na volumetria. Neste apê, no prédio imponente que fica no limite da Bela Vista, a reforma apostou em delicados tons de rosa e na decoração boho-romântica, com ambientes integrados que exploram o pé-direito alto. Para até dois hóspedes, com diárias a partir de R$294*.

HOTÉIS DE LUXO

Emiliano


Projetado pelo arquiteto Arthur Casas, o Emiliano fica localizado em uma das ruas mais sofisticadas da capital, a Oscar Freire, e foi o primeiro a ser considerado um hotel-boutique na capital paulista. Inaugurado em 2001, tem fachada e decoração minimalistas, que combinam peças de design e obras de arte, como o grande Casulo do artista Siron Franco, no Lobby. Uma das atrações é a suíte Cubo, com vista 180º de São Paulo, piscina privativa e outras comodidades. O hotel ainda serve um dos brunches mais famosos da metrópole, com espumante à vontade e menu exclusivo; para saborear não é necessário estar hospedado. A hospedagem de luxo é boa pedida para quem vai concentrar suas energias no Distrito Alameda Gabriel.

Fasano

Empreendimento familiar com quase um século de existência, o Fasano oferece hospedagem, gastronomia e empório em sua unidade paulistana. A unidade dos Jardins conta ainda com serviços de spa, café e bar, piscina, fitness center e ambientes para negócios, localizada bem próxima ao Distrito Alameda Gabriel. O projeto é assinado pelo arquiteto Isay Weinfeld. “Tentamos aproveitar o melhor dos dois estilos [clássico e contemporâneo], ou seja, o projeto é elegante em termos de formas, design e detalhes, mas aconchegante em termos de ambientação. Não é um hotel boutique ou um hotel design. Ao contrário, é um hotel que, desde a inauguração, já parecia existir há muitos anos. Foi construído para durar, não para cansar”, afirma o arquiteto, no site do escritório.

Palácio Tangará

Inaugurado em 2017, o Palácio Tangará é uma construção do início do século 20 que passou pela revitalização arquitetônica desenvolvida pelos escritórios B+H Architects, PAR Arquitetura e Bick Simonato Arquitetura e Decoração, com projeto de interiores das áreas comuns assinado por Patricia Anastassiadis. Em meio ao Parque Burle Marx, o hotel tem ambientação pensada para evidenciar a riqueza dos minerais, das matérias-primas e do design nacionais. Um dos exemplos é a instalação Lux Capela, da artista Laura Vinci, no Lobby. Entre as atrações do hotel, suítes que podem chegar a quase 300 m2; bares (como o da piscina e um especializado em coquetéis); e restaurantes. Um deles é capitaneado pelo chef Jean-Georges Vongerichten.

Rosewood

O hotel Rosewood é um oásis metropolitano localizado na Cidade Matarazzo, um complexo de edificações do início do século 20 que foram preservadas e convertidas em um destino de uso misto no coração da cidade de São Paulo, na Bela Vista. O hotel ocupa uma torre com jardim vertical, projetada pelo arquiteto Jean Nouvel. O Rosewood foi eleito Hotel do Ano em 2022, pela @ahead_awards, que premia experiências em hospitalidade e design. O principal destaque foi “trazer corajosamente o exterior para dentro”, com o jardim vertical na Torre Mata Atlântica, assinada por Nouvel. Além do traço arquitetônico do vencedor do Pritzker, todos os interiores têm autoria de Philippe Starck. A unidade paulistana do Rosewood oferece aos hóspedes opções gastronômicas diversas, além de um bar com pocket shows, duas piscinas externas e o Asaya, um conceito de wellness abrangente, bem como um espaço fitness de última geração.

Tivoli Mofarrej

Lobby do Tivoli | Foto: Divulgação

O Tivoli Mofarrej São Paulo foi premiado pelo TripAdvisor entre o 1% dos melhores hotéis em todo o mundo (2021), sendo o primeiro na capital paulista na lista de propriedades brasileiras escolhidas. O hotel fica nos Jardins, próximo à Avenida Paulista, e tem suas áreas comuns com projeto de interiores assinado por Patricia Anastassiadis. Com spa, piscina e muito luxo, uma das atrações é o Seem, restaurante sob comando do chefpreneur Olivier da Costa, bar central em 360º e a vista para o skyline paulistano.

Unique

O nome diz a que veio: o Unique quer ser único. O hotel, que tem a forma de um arco invertido, foi inaugurado em 2002 e tem assinatura do arquiteto Ruy Ohtake. Na Avenida Brigadeiro Faria Lima, a construção deveria respeitar o limite de 25 metros de altura, e Ruy precisava de impacto. Assim, nasceu a obra suspensa do solo, apoiada parcialmente nas extremidades em duas empenas de concreto e oito pilares distribuídos dentro do volume protegido pela fachada de vidro. Das paredes internas ‘infinitas’ com janelas circulares até a piscina vermelha da cobertura, o Unique é, de fato, diferente. Pode ser uma boa pedida para quem vai a eventos da DW! SP, especialmente nos Distritos do Centro, Al. Gabriel e Jardins.

Gostou? A gente convida você a explorar essas e outras maravilhas paulistanas durante a DW! Semana de Design de São Paulo. E o maior festival urbano de design da América Latina pode ficar ainda melhor com nossos roteiros:

Pra não perder qualquer informação sobre a DW! SP 2024 e ter atualizações dinâmicas sobre o universo do design assine a nossa newsletter através do botão abaixo. Pra finalizar, siga a gente para mais novidades no Instagram, em @dwsemanadedesign.

 

* Preços e data sujeitos a alterações e disponibilidade via Airbnb. Pesquisa realizada em Fevereiro de 2024.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DW! SP 2024

Cadastre seu e-mail para receber notícias exclusivas do festival e do universo do design, arquitetura e decoração:

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!


    Você poderá cancelar a assinatura a qualquer momento.

    Consulte nossa política de privacidade.